Homogeneizadores de alta pressão

Compartilhar

Os homogeneizadores da alta pressão fabricados pela AVESTIN (Canadá) são indicados para aplicações que requerem altas pressões (mais de 2.000 bar) tais como ruptura celular, nano-emulsões, nano-dispersões e lipossomas.
O modelo B-15 poderá trabalhar ainda com pressões de até 3.000 bar, mas para amostras pequenas de até 15 ml.
Não possuem o-rings ou gaxetas no caminho do produto, usando selos metal/metal, exceto na vedação do pistão que é de UHMWPE e na vedação da válvula de homogeneização que é um o-ring de Teflon.
As válvulas de homogeneização são controladas pneumaticamente, com consumos de ar desprezíveis.
Fornecidos com projetos sanitários e também assépticos para quando for necessário homogeneizar após a esterilização, possuindo um design que permite esterilização SIP, operação em salas limpas e de acordo com GMP / FDA.

  • Emulsiflex B-15

    B-15

  • C3

    C3

  • C5

    C5

  • Emulsiflex C-55

    C-55

  • LiposoFast LF-50

    LiposoFast LF-50

  • Emulsiflex C-160

    Trocador de calor

  • Filtro Extrusor para uso com homogeneizador

    Filtro Extrusor para uso com homogeneizador

  • LiposoFast com estabilizador

    LiposoFast com estabilizador


O LiposoFast, também fabricado pela AVESTIN, é fornecido em 3 versões:
Básico, que permite a extrusão de 0,2 ml à 1,0 ml de lipossomas unilamelares e homogêneos.
Com estabilizador, que permite o uso repetitivo da extrusão por membranas.
O LiposoFast 50, que permite a extrusão em passe único produzindo lipossomas unilamelares, e possui jaqueta para controle de temperatura.


Acessórios:

O trocador de calor possui conexões sanitárias e foi projetado com duplo tubo para eliminar contaminação. Acabamento eletro-polido disponível.

O Filtro / Extrusor poderá ser usado em conjunto com um homogeneizador de alta pressão, ou individualmente, para produzir lipossomas com distribuição de partículas Gaussiana e baixo desvio, usando membranas de policarbonato com diferentes diâmetros de poros. Permitem também filtração de produtos estéreis.

O Transdutor de pressão por diafragma permite medir pressões pulsantes de até 2.000 bar. Usam selo com faces metal / metal, sem o-rings ou gaxetas, tendo as partes molhadas com acabamento eletro-polido. É o único que permite medição de pressão de acordo com diretrizes GMP / FDA.

O Sistema de controle automático de pressão permite fixar a pressão desejada que será mantida durante todo o processo de homogeneização, mesmo que o produto mude suas características.

Capacidades:

  • Homogeneizadores:
  • Vazões desde 3 l/h até 1.000 l/h, independentemente da pressão selecionada
  • Pressões: acima de 2.000 bar, independentemente das vazões
  • Tamanhos mínimos de amostras à partir de 3 ml.
  • Possibilidades de acionamentos:
    • Modelos B15, C5 e C50: ar ou gás comprimido
    • Modelo C3 para bancada: elétrico110 ou 220 V, monofásico, 60 Hz
    • Demais modelos: elétrico, 220V ou 380V ou 440V ou 600V, trifásico, 60 Hz
  • Filtros / Extrusores:
  • Diâmetro das membranas de 47mm, 90mm ou 142mm
  • Vazões de até 160 L/H
  • Pressão até 600 psi

Principais aplicações:

  • Ruptura celular, E-Coli e outros
  • Nano-emulsões
  • Nano-dispersões
  • Lipossomas
  • Micro-cápsulas
  • Aplicações que precisem de alta pressão, acima de 2.000 bar